Desembarcando em Buenos Aires – Argentina

Em nosso último post (clique aqui) contamos um pouquinho da nossa experiência a bordo do cruzeiro MSC Lirica. Agora falaremos sobre nossa primeira parada que ocorreu em terras Argentinas, especificamente em Buenos Aires.

+Veja também: O que fazer na parada do cruzeiro em Punta del Este, Uruguai

O que fazer na parada do cruzeiro em Buenos Aires

Bom gente, nossa passagem pela Argentina foi um pouquinho corrida, afinal desembarcamos umas 15 horas e iríamos zarpar as 16 horas do dia seguinte. Então peguem as dicas para aqueles que tem pouquíssimo tempo para aproveitar os pontos turísticos de Buenos Aires.

Café Tortoni

Assim que desembarcamos pegamos um táxi no porto (dica: não peguem os táxis que ficam na porta do porto, ande mais um pouquinho e chame o táxi – tem muito taxista mau-caráter e muitos taxímetros adulterados, cuidado). Em seguida fomos então conhecer o famoso Café Tortoni, localizado na Av. de Mayo 825, bem no estilo da nossa Confeitaria Colombo. Ali também foi o nosso ponto de partida para todos os lugares, é bem central e perto de tudo.

Lá pedimos café, chocolate quente e os famosos churros. Gente, se preparem porque as coisas estão bem carinhas por lá, pra vocês terem uma ideia um cafézinho custa 33 pesos, quase R$10,00!

Como não poderíamos deixar de assistir a um espetáculo de Tango, optamos em comprar o show do Café Tortoni que acontece no subsolo da casa (valor por pessoa: R$100,00 mais ou menos).

Obelisco, Casa Rosada, Plaza de Mayo e Calle Florida

Enquanto fazíamos hora para assistirmos o show de tango, fomos conhecer o famoso Obelisco ( que fica a duas quadras a direita do Café Tortoni). Depois seguimos para a Casa Rosada (só descer a avenida de mayo na direção esquerda do tortoni) e em seguida fomos para a Calle Florida, uma rua que é simplesmente um mix de consumismo e turismo. Ainda na Calle Florida, vale a pena conhecer a famosa Galeria Pacífico (na esquina com a Av. Córdoba), um dos mais bem sucedidos centros comerciais na Argentina com uma arquitetura de inegável valor artístico e pinturas deslumbrantes. (é válido entrar nem que seja só  para tirar lindas fotos e tomar um gelato).

Segundo dia da Parada do Cruzeiro

No nosso segundo e último dia tudo seria mais corrido, afinal nosso barco zarparia as 16 horas. Portanto, devido a falta de tempo optamos em fazer um city tour (compramos numa agência de turismo na Calle Florida, mas não recordamos o nome – R$50,00 por pessoa). O City Tour passa pelos principais pontos turísticos, porém só tem 4 rápidas paradas. A primeira parada foi na Casa Rosada, em seguida passamos pela Floralis Generica (aquela famosa flor metálica que muda a posição de acordo com o sol), pelo Jardim Japonês, pelo bairro da Recoleta onde tem o cemitério (por incrível que pareça o cemitério de lá é um ponto turístico), e por fim seguimos para o bairro La Boca.

Em La Boca está localizado o Caminito e o Estádio do Boca Juniors.

Fizemos a segunda parada no Caminito. Gente, o Caminito é um dos pontos turísticos mais famosos de Buenos Aires, porém não achamos nada demais. É uma pequena rua com casinhas de metal (como se fossem cortiços) coloridas e que fede a xixi, é válido somente para fazer o registro de que foi, comprar alfajor mais em conta e pronto. Vale muito mais pelo sentido histórico.

Tour no La Bombonera

Seguimos para nossa terceira parada que foi no Estádio do Boca Juniors, o La Bombonera. No nosso city tour a parada seria de apenas 5 minutinhos, só o tempo de fotografar na porta do estádio, mas nós simplesmente abandonamos o city tour para podermos fazer a visita interna. Afinal um estádio tão emblemático como esse não poderia ser visto apenas em 5 minutos. Sendo assim, o tour que fizemos por dentro do estádio custou 150 pesos por pessoa e você ganha 2 fotos além de poder visitar todas as áreas do estádio e fotografar é claro. E já adianto que para os amantes do futebol vale super a pena o tour.

Puerto Madero

Por último fomos para o Puerto Madero (que também seria a última parada do city tour). Como estávamos em cima da hora, fomos direto almoçar no restaurante Bahia Madero. Estávamos desejando aquele famoso Bife de Chorizo.

Conclusão

Nós só optamos pelo City Tour devido a falta de tempo, mas com certeza é bem mais válido fazer tudo por conta própria através de táxi e caminhando, assim vocês conseguirão apreciar tudo o que Buenos Aires tem a oferecer.

3 comentários em “Desembarcando em Buenos Aires – Argentina

Deixe uma resposta